CORONÉIS DO CACAU NA MIRA DE GUSTAVO FALCÓN

postado por Jary Cardoso @ 1:42 PM |
25 de novembro de 2010

Com capa do designer Enéas Guerra, a Solisluna Editora lança hoje, 25 de novembro, a reedição ampliada e revisada da pesquisa que se tornou um clássico da sociologia baiana, o livro Coronéis do Cacau, de Gustavo Falcón, baiano de Salvador, 58 anos, sociólogo, doutor em História e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBa).

Há poucos dias, Gustavo Falcón participou, como coautor, de outro lançamento da Solisluna, a bela obra de Goya Lopes, Imagens da Diáspora, para a qual ele escreveu textos de apoio. Outro livro de Gustavo Falcón é Do reformismo à luta armada: a trajetória política de Mário Alves (1923-1970), editado em 2008 pela Edufba e Versal Editores.

Coronéis do Cacau resultou da tese de mestrado de Gustavo Falcón e o livro sobre o líder comunista baiano Mário Alves, de sua tese de doutoramento. Nesses dois livros, Falcón pratica os conhecimentos aprofundados pela vida acadêmica, mas ele faz questão de exaltar as origens de sua formação intelectual, iniciada em meados dos anos 60, quando militou na Polop – Organização Revolucionária Marxista Política Operária, o mesmo grupo da esquerda revolucionária no qual a presidente eleita Dilma Rousseff começou sua militância política.

GUSTAVO FALCÓN

Com muita honra – diz Gustavo Falcón –, fui dirigente do comitê estudantil secundarista da Polop, a escola de pensamento de esquerda que agora colhe frutos. A Polop foi o instrumento que classificou como intelectuais muitos jovens daquela geração, que ensinou a gente a pensar, nos deu uma formação diferenciada. Éramos estudiosos e alguns de nós ficaram famosos.

Além de Dilma Rousseff em Minas Gerais, ele cita como ex-militantes da Polop na Bahia, entre outros, o escritor Antonio Risério, que se dedicou à Antropologia; Eduardo Machado, pós-doutor em Sociologia e professor da UFBa; Jorge Nóvoa, doutor em Sociologia e professor da UFBa; e seu irmão Pery Falcón, que era dirigente nacional da Polop e hoje é importante quadro do Partido dos Trabalhadores na Bahia.

O próprio Gustavo Falcón teve seu interesse por História econômica despertado pela Polop. Coronéis do Cacau, que será relançado hoje, é um desses frutos. Veja informações sobre esse livro no release da Solisluna:

.

EDITORA ABRE ESPAÇO PARA

REFLEXÃO SOBRE A BAHIA

Coronéis do Cacau, de Gustavo Falcón, resultou de uma pesquisa de história econômica sobre a formação das classes sociais na região de Ilhéus e Itabuna, durante o período de constituição da economia cacaueira. Trata-se de um ensaio sobre a diferenciação social, tomando por base a ocupação econômica da área, a estrutura fundiária e a construção de novas classes sociais na Bahia durante o período que vai do final do século 19 às primeiras três décadas do século 20.

O trabalho ressalta três momentos significativos na formação da sociedade grapiúna. O primeiro, quando o parcelamento da terra é mais ou menos democrático e a maioria de seus ocupantes não passa de pequenos proprietários. O segundo, quando já se nota o surgimento de algumas glebas maiores e a formação de conjuntos de fazendas reunidas sob o domínio de um único proprietário. E o terceiro, quando os grandes comerciantes exportadores expropriam as fazendas passando a dominar o processo produtivo.

Adotado em vários cursos universitários, Coronéis do Cacau está amparado em farta documentação oficial, ampla bibliografia e se propõe a interpretar o fenômeno do coronelismo político numa região de fronteira agrícola.

Trata-se de uma tentativa de compreensão de como uma região desconectada do mercado, habitada por indígenas, é apropriada, submetida e suas terras, antes devolutas e sem qualquer valor de mercado, passam a ser consideradas como bem econômico de grande expressão imobiliária – diz o autor.

Coronéis do Cacau é mais um livro de reflexão sobre aspectos socioculturais relevantes da formação da Bahia publicado pela Solisluna. Gustavo Falcón é jornalista, professor de Sociologia, estudioso da história econômica da Bahia, tendo integrado e dirigido a pesquisa “Inserção da Bahia na Evolução Nacional, 1850-1930“, junto a outros pesquisadores.

.

SERVIÇO

Lançamento do Livro Coronéis do Cacau

Nº de páginas: 128

Preço do livro: R$ 29,90

Data: 25 de novembro de 2010, quinta-feira

Horário: a partir das 18 horas

Local: Livraria LDM Rua Direita da Piedade, 22, Salvador-BA

Tags: , , ,

2 Responses to “CORONÉIS DO CACAU NA MIRA DE GUSTAVO FALCÓN”

  1. Lilia  Says:

    Querido Gustavo,

    Parabéns e muito sucesso. Saudade grande de vc, Valéria e Enéas.

    Um beijo no coração.

  2. gustavo  Says:

    Valeu, mano.
    Abraço polopista
    Gustavo

Leave a Reply



Grupo A TARDE

empresas do grupo

jornal a tarde | a tarde online | a tarde fm | agência a tarde | serviços gráficos | mobi a tarde | avance telecom | massa!

iniciativas do grupo a tarde educação | a tarde social


Rua Prof. Milton Cayres de Brito n° 204 - Caminho das Árvores - Salvador/BA, CEP-41820570. Tel.: 71 3340-8500 - Redação: 71 3340-8800


Copyright © 1997 - 2010 Grupo A TARDE Todos os direitos reservados.